Historial

Ampliar Foto do Rancho» O Rancho Folclórico de S. Tiago de Silvalde, foi fundado em 25 de Novembro de 1978 e legalizado no dia 16 de Abril de 1981, data em que foram aprovados os seus Estatutos.

Fruto de uma Comissão Organizadora nesta Freguesia, para participar no movimento de solidariedade da Cruz Vermelha "A PIRÂMIDE".  Com a necessidade de dar nome ao Grupo, nada melhor que recorrer ao Padroeiro da Terra "S. Tiago". Daí o nome de RANCHO FOLCLÓRICO S. TIAGO DE SILVALDE.

Representa fielmente os usos e costumes tradicionais da sua terra, "TERRAS DA FEIRA" – Douro Litoral Centro, já que a freguesia de Silvalde foi anexada ao concelho de Espinho em 11 de Outubro de 1926, sendo que até essa data pertencia ao concelho da Feira.

Criado para preservar, recolher e difundir os valores dos seus antepassados foi inaugurado em 1988 o Museu Etnográfico onde estão expostos entre outros objectos, utensílios agrícolas e trajos.

 Tem participado em diversos Festivais de Norte a Sul do país, incluindo a Madeira e organiza anualmente o seu "FESTIVAL“ desde 1982, sempre com a presença de grupos estrangeiros. A nível internacional, já participou em diversos festivais em Espanha (também nas Ilhas Canárias e Ibiza), França, Itália (também na ilha da Sicília), Bélgica, Holanda, Dinamarca, Polónia, Brasil e em 2010 na Alemanha.  

Os trajos recreados remontam a finais do século XIX, princípios do século XX e são os de noivos, de lavradores ricos, de campo, de romaria, de festa, de vareiros; de ir à feira, o homem do varino e o da palhoça, entre outros.  

As danças mais características e conhecidas são as Rusgas (ao Sr. da Pedra, ao S. Martinho), a Moda do Verdegar, a Tirana, a Ciranda, os Viras (de Roda, Valseado, Corrido, entre outros), o Velho, o Lambão, a Caninha Verde, etc.  
Da tocata saem velhas melodias dos instrumentos característicos da região: violão, viola, viola braguesa, cavaquinhos, bombo, acordeão (concertina), ferrinhos e reco-reco.

É membro efectivo da Federação do Folclore Português desde 1987, de onde recebe o apoio técnico e está filiado no INATEL., desde 1998.
Sócio fundador da Associação de Folclore do Concelho de Espinho, em Abril de 2006.

Distinguido em 2009, pela Junta de Freguesia de Silvalde, nas comemorações do 6º Aniversário de elevação a Vila, pelo seu trabalho realizado.

Considerado como Instituição de Utilidade Pública, desde 21 de Março de 2003, data da publicação no Diário da Republica.

» Participação no Estrangeiro

1987 - Vigo ; Ribera del Fresno - Espanha
1988 - Murcia - Espanha
1989 - Dax ; Le Mans ; Limoges - França
1990 - Villada - Espanha; Dax - França
1991 - Vigo ; Ribera del Fresno - Espanha
1992 - Vigo - Espanha; Tenerife - Ilhas Canárias - Espanha
1993 - Ibiza - Espanha
1994 - Alicante - Espanha; Múrcia - Espanha
1995 - Valência - Espanha
Bayonne ; Le Mans ; Dax - França
Kolging ; Vejle ; Fredericia - Dinamarca
Den Haag - Holanda
Bruxelas - Belgica
Humburgo - Alemanha
1996 - Orense ; Palencia - Espanha
1997 - Olot ; San Sebastian ; Segóvia - Espanha
Cannes - França
Montebluna ; Pescara - Itália
2000 - La Palma e Tenerife - Ilhas Canárias - Espanha
Licata - Sicília - Itália
Bayonne - França
Los Arcos (Navarra) ; Valladolid - Espanha
2001 - Bayonne - França
2002 - Nowa Ruda e Strezgon - Polónia

Música